sábado, 1 de novembro de 2014

Ressaca eleitoral


A eleição passou, (quase) nada mudou, algumas amizades foram abaladas, mas o principal é que resisti à tentação de escrever qualquer texto político!

Nunca fui chegado no assunto, meu conhecimento a respeito é bem escasso, mas esse ano parece que algo tomou conta do país e não houve quem passasse incólume, sem manisfestar qualquer opinião sobre este ou aquele candidato. Até esbocei uma versão politizada de mim mesmo, mas não resistiu ao primeiro turno das eleições, pois, percebi logo cedo que não valeria a pena argumentar com alguns ou indispor-me com outros tantos. Limitei-me às piadas, que passo e repasso até hoje! Inclusive sobre a derrota daqueles em quem votei!

No fim das contas, continuo achando esse país uma grande piada! Não nos levamos a sério e nem consideramos coisas importantes, nos deixamos conduzir por um tal de "jeitinho brasileiro" e a tudo amenizamos. Sim, somos felizes! Mas não por nossas condições, mas pela nossa abençoada ignorância. Temos churrasco, Smartphone e TV de 42 polegadas, é preciso mais o que nessa vida?!?

"Mas as pessoas na sala de jantar são ocupadas em nascer e morrer."

6 comentários:

  1. Muito bom esse post.

    Arthur Claro
    http://www.arthur-claro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá Fábio! O que vi foi todo mundo muito politizado antes das eleições, defendendo seu candidato a ponto de brigar com seus amigos e familiares, mas a grande verdade é que brasileiro se deixa levar por ondas, vi a onda da copa do mundo, e agora a onda da eleição, apenas momentos calorosos e puff... A ignorância nesse país dá medo, entristece.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É vdd, agora td mundo só qr saber das festas de fim de ano, férias, carnaval... Não q a gnt deva viver discutindo política - a vida ia ser mto chata desse jeito -, mas ñ podemos deixar isso só pro ano de eleições.

      Excluir
  3. Olhe, meu caro, por cá é tal qual assim!
    Estamos no mesmo barco!
    Saudações poéticas!

    ResponderExcluir