quarta-feira, 28 de setembro de 2011

E o "Rock in Rio", hein?

Muito tem sido falado sobre as atrações desse Rock in Rio. Bom, estas mesmas pessoas que reclamam de Claudia Leitte e cia. ainda não devem ter percebido que o evento está longe de ser um culto a esse gênero musical, mas um grande - dizem ser o maior - festival de música, que abrange os mais diversos estilos desde sua criação.

Basta lembrar que a primeira atração, a que deu partida à maratona de shows e inaugurou a história do evento, foi Ney Matogrosso. Nessa mesma edição, ainda cantaram Gilberto Gil, Elba Ramalho, Pepeu Gomes... Nunca foi somente rock e, nos últimos anos, nem mesmo no Rio. Mais que uma promessa, Rock in Rio é uma marca, onde quer que esteja e - pasmem! - visa o lucro. Medina sabe o que faz e não quer perder dinheiro com isso.

Contudo, seria injusto não realçar que grande parte do festival - três das sete noites - é realmente dedicada ao rock. Vai desde Capital Inicial a Motorhead, passando por Sepultura, Metallica e o onipresente Guns n´ Roses. Há atrações para quase todos os públicos, basta escolher o dia que mais lhe agradar. Por enquanto, felizmente, ainda estamos a salvo de sertanejo, funk e forró.

5 comentários:

  1. Olá,
    Parabéns pelo blog! Estou seguindo.
    Segue lá também..

    http://estanteseletiva.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. è concordo, nunca foi somente Rock, mas i Ney Matogrosso, Gilberto Gil, Elba Ramalho, Pepeu Gomes, são diferentes, muitas pessoas que gostam, de rock, gosram desses artistas.
    Agora neste rock n rio, e no de 2001 eles chutaram o balde com a mescla de atrações, tem até axe.
    O problema ainda não é isso, acredito que possa ter essas atrações, mas não se deve misturar os dias( Elton John e Claudia leite no mesmo dia não rola, o publico é diferente)

    ResponderExcluir
  3. Concordo com você, escrevi em um outro post sobre isso, o nome Rock in Rio é só pq na época do primeiro festival o rock era o estilo que mais tocava entre os jovens no Brasil com bandas como Titãs, Legião, Paralamas entre outros lançando os primeiros discos, se o festival fosse criado nos dias de hj se chamaria Pop in Rio

    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Não sei porque todo esse auê em torno das atrações do RIR. Obviamente deveria haver um espaço dedicado aos artistas brasileiros, que na maioria nem são cantores de rock, o erro foi ter mistado estilos totalmente diferentes no mesmo dia. Mas de maneira geral eu gostei de todas as atrações, afinal o Rock em sua natureza mais primitiva é a base de quase todos os estilos musicais.

    ResponderExcluir