sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Aborto Legal? Legal para quem???


Já começo esse post dizendo que sou totalmente contra o aborto. Não tenho a obrigação de ser imparcial, pois isso aqui não é uma matéria jornalística e imparcialidade não existe mesmo. 

Acho de uma grande ignorância a defesa do aborto com o argumento de que a mulher tem o direito de escolha. Mas, e o feto, não? Segundo o Dr. Drauzio Varella, o zigoto é uma vida, mas não uma vida humana. E o que mais ele espera que possa surgir da barriga de uma mulher além de um bebê? Um poodle??? Esse debate sobre o início da vida humana chega a ser ridículo.

sociedade incentiva a sexualidade precoce, seja através de músicas sexuais - porque sensualidade não é o que se vê em uma dançarina de funk ou axé - ou propagandas de contraceptivos - "Viva a pegação", diz Anitta no comercial da Olla - e, depois, quer abortar os fetos??? Isso nada mais é do que jogar a sujeira para baixo do tapete. 

Algumas religiões são ferozmente criticadas por serem contra o uso da camisinha. É claro que são!!! Se uma crença prega o celibato, como pode apoiar o uso de contraceptivos??? É como dar a chave de um carro para um jovem e esperar que ele não o pegue para dar uma voltinha. 

Não estou, com isso, querendo dizer que as pessoas devam fazer sexo sem prevenção. Entre pegar uma doença ou uma gravidez indesejada e o uso do preservativo, opto pela camisinha. Mas será que estas são as únicas opções??? Por que essa busca desenfreada pelo sexo a todo custo??? A vida é muito mais que isso, jovem.

Legalizar o aborto não vai fazer com que as estatísticas diminuam, apenas, talvez (repito: talvez!!!) reduza o número de mortes. De mulheres, não de fetos. O que quase nunca é falado é que a grande maioria das mulheres que já abortou se declara contra a legalização e se diz arrependida pelo que fez. Mas a quem interessa essa informação???

Mais uma vez, a solução está na educação. Falo daquela educação que tem que vir de casa, com pai e mãe preocupando-se com o que acontece com seus filhos, quem são seus amigos, quais os seus caminhos, com o diálogo franco e aberto. Não a educação que muitos esperam que venha da escola, pois pagam muito caro para isso ou porque é obrigação do Estado.  

Isso tudo em muito me preocupa. Preocupo-me como pai, professor, cristão e uma pessoa que não consegue ver a imagem acima sem expressar comoção.
  

9 comentários:

  1. Verdade, que mulher se sente satisfeita fazendo um aborto? A educação sexual deveria ser tratada com mais seriedade nas escolas e dentro de casa, o culto a vulgaridade está cada vez maior e o aborto não pode ser um meio para se livrar de "algo" indesejado. Isso é egoísmo.

    ResponderExcluir
  2. O mundo é totalmente sexista, as pessoas querem dinheiro para comprar coisas para serem felizes, porem vamos ver... .A pessoa compra uma camisa para quer, linda, cara de marca? Para mostra que pode e isso ai atrai mulher e vai tudo em sexo, um carro para fazer farrar e fara pode ser levado ao sexo e por ai vai.... As propagandas das mais bobas até as mais proibidas vem com sexo no meio... Pode ser até de criança, tem outra criança de 7 anos apaixonada por outra garota da mesmo idade ou mais e entrega um chocolate para ela e lá no chocolate vai está escrito outra propaganda falando de "amor", porem isso tudo é disfarçado para o sexo. As propagandas de hoje ou quase sempre mostrou isso e mostra isso e isso não é segredo para ninguém. E sobre o abordo eu não sei se faria, mais para não por pensar que ficaria com culpa, porem também pode-se pensar em pessoas que faz a criança nascer e faz ela sofre com pobreza e muitas outras torturas da vida!

    ResponderExcluir
  3. A principal solução seria uma melhor conscientização das pessoas na educação sexual... existem várias maneiras de evitar a gravidez... mas depois de estar grávida, a mulher deve criar aquela criança sim, se não for lhe custar a vida... pois isso já é uma outra discussão...

    ResponderExcluir
  4. Eu sou contra o aborto pois a uma vida dentro daquela pessoa e quando a pessoa tira esse feto ela está tirando uma vida. Vida que ela quis ou não colocar no mundo. Dependendo se for com estrupo ok! até eu sou a favor se não sou contra.

    Abraço
    http://rodrigobandasoficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Sou contra o aborto e ainda bem que no Brasil não é liberado como no Uruguay que é um dos melhores lugares para se viver, mas que tem esse defeito, lá o aborto não é crime...
    Visite o meu blog - http://corretoriceman.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Adorei a matéria! Como sempre vc arrasa .
    Tbm sou contra o aborto, graças a deus nunca fiz nenhum, tive sim um aborto espontâneo o qual levei anos pra esquecer, aliais ainda lembro dele não do aborto em sim mas me lembro que se o meu bebe estivesse aqui teria tantos anos. Coisas desse tipo entende?
    Tenho um texto que fala algumas coisas tbm, mas pedi alguém da minha confiança para dá uma olhadinha no caso de que eu possa esta expondo alguém.Mas assim que eu puder postarei.

    Parabéns Fábio pela matéria!

    Bjssss

    ResponderExcluir
  7. Obrigado a todos pelos comentários!!!

    ResponderExcluir
  8. É um assunto muito polêmico.
    Difícil de opinar sendo homem.
    Nunca fugi de assuntos, mas este é um que realmente não sei o que dizer.

    ResponderExcluir