segunda-feira, 9 de junho de 2014

Urbana Legio Omnia Vincit *


Legião Urbana, grupo formado por Renato Russo, Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá. Representantes do melhor que o rock nos ofereceu na década de 80 e criadores de obras que atravessam gerações. Ídolos de milhares de balzaquianos que já sofreram, dançaram ou, até mesmo, casaram ao som de suas canções.

Giuliano Manfredini, filho de Renato Russo e detentor, judicialmente, dos direitos sobre o nome Legião Urbana. Nada fez, mas tudo levou por direito adquirido já que, com a morte de Renato, tornou-se o único herdeiro do cantor.

E eis que surge o conflito: os músicos remanescentes podem executar as músicas - já que também são co-autores -, mas não podem utilizar o nome da banda da qual fizeram parte e ajudam a construir. É certo isso?!? De acordo com a lei, até o momento, sim.

Renato Russo sempre disse que a verdadeira Legião Urbana somos todos nós. Por isso, é difícil acreditar que o empenho do herdeiro em "defender" o nome da banda seja motivado apenas pela vontade de preservar a memória de seu pai. A marca Legião Urbana ainda vende muito e mobiliza milhares de fãs.

Querer reduzir o grupo à pessoa de Renato Russo é uma vã tentativa de ignorar toda uma história que é muito maior que qualquer veredito de um juiz. Renato, Dado e Bonfá são a Legião. E Giuliano... Bem, é mais um filho que parece não dar ouvidos às palavras do seu pai.

* Urbana Legio Omnia Vincit = Legião Urbana tudo vence

14 comentários:

  1. Amigo, sou apaixonada por esse grupo, nunca morrerão em minha mente, ouço Renato todos os dias para composição d emeus textos, poemas.
    Você postou sobre meus grandes poetas!!!!!
    Post lindo!!!!!
    Bravo!!!!
    bjus
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legião Urbana é inspiração pra todas as gerações! Obrigado pelo elogio!

      Excluir
  2. É estranho pensar na Legião como uma marca, quebra toda a poesia.

    ResponderExcluir
  3. A briga entre Dado, Bonfá e Giuliano não apagará a memória e a genialidade do Renato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com ctz! Mas é triste esse capítulo fazer parte da história da Legião.

      Excluir
  4. Eita! Complicado isso né?
    Legião Urbana... serão sempre imortal!
    Não importa quem fica com quê.
    Bjsss

    ResponderExcluir
  5. Há um tempo atrás os filhos do Jobim ou Vinícios, não lembro qual dos clãs, entrou na justiça contra a Helô Pinheiro pela marca Garota de Ipanema. Não sei o desfecho, mas não aprovei. A garota de Ipanema é ela, apesar da bela música ser dos gênios. Agora esta surge esta. O mínimo que este menino poderia fazer é dar graças a banda por ter seguindo com o nome que seu pai ajudou a criar. O Brasil é assim, sempre tem gente querendo ganhar pelo menor esforço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma atitude q o Renato, certamente, não aprovaria.

      Excluir
  6. E estranho o próprio filho do Renato Russo não da a minima para a palavra do Pai e o lema da banda. Ele já tinha nascido, mas não viveu intensamente a época da banda. Renato e a banda é uma vida e um legado que ele deixou que ele está pisando. Acho que nenhum filho tinha que se meter nisso. Mas é a vida né.

    Mas a vida é assim, não ligam para o Legado e sim para o Dinheiro e o Nome da banda que nem é dele e sim da banda.

    abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, acho q a questão toda aí se resume ao dinheiro mesmo.

      Excluir
  7. Legião me ensinou muitas lições através de sua música... :)

    Acho que tu vai gostar deste meu post: http://www.pisovelho.com.br/2010/03/comunicado-especial-renato-50-anos.html

    Um dos capítulos do meu TCC foi sobre o Juninho... rsrs

    ResponderExcluir